Tem gente que não faz exercício físico porque acha que já passou da idade, está cansado, ou mesmo tem preguiça de movimentar o corpo. Nenhuma dessas é, no entanto, a história de Dona Etelvina e Seu Vander, que tem, respectivamente, 84 e 88 anos. O casal de idosos tem uma rotina de cuidados diferenciada. Desde novembro de 2017, quando Vander sofreu uma isquemia que restringiu seu deslocamento desacompanhado, ele passou a integrar o programa de Gerenciamento de Cuidados Especiais da Unimed.

“Temos um alpendre bem grande aqui em casa e caminhamos todos os dias.  A gente não pode cair na bobeira de arrumar uma desculpa para não fazer atividade física, né? Porque quando a gente procura uma desculpa, sempre encontra.”

Dona Etelvina acredita que não só o exercício físico é importante para se manter bem disposta. “Eu também estou sempre trabalhando meu raciocínio. Tenho 8 filhos, 13 netos e 8 bisnetos. Você consegue imaginar o trabalho que dá organizar as festas de família para esse tanto de gente, né? Mas eu adoro. Também amo jogar baralho com o Vander. Às vezes, eu roubo no Buraco e ele fica bravo. Mas a gente não briga. Desconfio que além do exercício físico e mental, um dos segredos de uma boa vida é nunca esquecer de tratar quem está ao seu lado com muito amor e como amigo.”

Ver comentáriosFechar comentários

Deixe seu comentário

Top